sábado, 10 de setembro de 2011

Transtorno Bipolar e Twitter

Vejamos algumas frases, sobre transtorno bipolar, que andam no twitter. (Autores diversos.)

 
As pessoas falam que são bipolares como se fosse um orgulho. TRANSTORNO BIPOLAR É SÉRIO!
 

O nome da doença é : TRANSTORNO BIPOLAR, eu tenho certeza!
 

Acho que sofro de Transtorno Bipolar... =/ and now?
 

Alegria e tristeza ao mesmo tempo! Acho que tô com Transtorno BiPolar!
 

Transtorno bipolar é uma doença... O que você tem é frescura. [Frase repetida à exaustão no twitter, por inúmeras pessoas.]
 

Transtorno bipolar do humor: diagnóstico e tratamento precoce melhoram qualidade de vida do paciente.
 

Minha vó disse pra minha mãe que eu tenho que ir pro médico ver se tenho transtorno Bipolar _|_


Transtorno bipolar é o meu sobrenome, na boa.
 

Tenho transtorno bipolar.
 

Transtorno bipolar é mais sério do que eu imaginava...
 

Pessoa tem ataque de mau humor, xinga todo mundo e depois diz q é bipolar. PORRA! ISSO É UM TRANSTORNO SÉRIO, Ñ UMA DESCULPA POR MÁ EDUCAÇÃO.
 

TAB - Transtorno Afetivo Bipolar [ gostei de estudar isso.
 

Transtorno Bipolar é uma coisa tão séria e tem gente que acha legal falar que tem, colocar no twitter e no tumblr ¬¬
 

Transtorno bipolar é uma doença, seus estúpidos, e acredito que quem realmente é bipolar não goste de ter essa doença, então vê se cresce.



Leia mais
O que alguns bipolares famosos já disseram - Janis Joplin

3 comentários:

RSR disse...

Ainda bem q tem gente q defende, pq a maioria ri da doença e cha q é justificativa para falta de educação.

Preta disse...

Breno
Vc como sempre surpreende!
Achei 10 esse post...
É por essas e outras que estamos desacreditados...
Sem palavras vc disse tudo.
Bjinhos.

byClaudioCHS disse...

QUAL DE MIM SOU EU...?

Aqui, o poeta
não é simplesmente
um gênio do conhecimento
dos sentimentos humanos
Na verdade
não há gênio
(e nem conhecimento)
o que se passa
é que não passo
a palavra
a personagens,
nem empresto a voz
a ilustres heterônimos:
dividem-se, em mim,
dois pólos
que não se comunicam
não dividem o espaço
Cada um,
a seu tempo
preenche-o completamente
assenhoream-se
dominam-no
como se não tivera
outro dono
são pólos inconciliáveis
incomunicáveis
incompatíveis de gênio
senhores de si
e as vezes de mim
me confundem
são cheios de razões
não sei o que sou
são parasitas
alimentam-se
da minha consciência
e só percebo
que não são eu
quando se vão.
Mas... alternam-se
tão rapidamente
que nem tenho tempo
de ser eu mesmo
Eu? Desculpem-me:
quem sou eu?
Não sei...
Só sei que não sou eles
(mas também não sou eu...)
pois no curto espaço
de tempo
em que se ausentam
sou apenas
o vácuo,
vazio absoluto
Deus, olha pra mim...
e cura-me
antes que julguem-me
e condenem-me
porque
ninguém
irá
exorcizar
o que não são
possessões
mas dualidades:
euforia e medo...

http://progcomdoisneuronios.blogspot.com

.